BMX Freestyle Park nos Jogos Olímpicos de Tóquio

A Confederação Brasileira de Ciclismo esclareceu, em nota oficial, os critérios adotados pela entidade para classificação e convocação da equipe brasileira (masculina e feminina) do BMX Freestyle Park para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Ao todo, são oito vagas por país, mais uma vaga para o país-sede. Caso o país-sede já esteja classificado pelo primeiro critério (Ranking de Nações UCI), a referida vaga será remanejada para a próxima nação de acordo com o ranking UCI.

– Máximo de (2) dois atletas por nação;

– O atleta deverá ter o mínimo de 10 pontos no ranking UCI.

Classificação por Ranking de Nações

A classificação da nação será determinada pela soma dos dois melhores atletas da categoria elite no período de 01/11/2018 a 11/05/2020. O período contempla dois campeonatos mundiais (2018-2019), os seis melhores resultados em copas do mundo, os seis melhores resultados em provas Classe C1, um campeonato continental (mais próximo do evento), e um campeonato nacional (2019).

– Nação na 1ª colocação terá duas (2) vagas;

– Nações da 2ª a 5ª colocações terão direito a uma (1) vagas;

Classificação por Vagas diretas

O Campeonato Mundial de 2019 (Masculino e Feminino) irá disponibilizar uma (1) vaga diretas para as duas primeiras nações. Para ser contemplada, a nação não pode estar inserida no primeiro critério (Ranking por Nações UCI).

Critério de Convocação CBC

Para preenchimento das vagas, a confederação adotará os seguintes critérios:

– Melhores atletas ranqueados na UCI ao final do período de classificação, levando em conta 10% de variação de pontos entre esses atletas. Existindo esta margem, será aplicado automaticamente a análise de pesos.

– Análise de pesos: Campeonatos Mundiais e Copas do Mundo receberão peso dois (2), enquanto todas as demais competições terão peso um (1).

O primeiro período de ranking classificatório UCI será peso um (1) e o segundo período de ranking classificatório UCI será peso dois (2).

– Critério técnico: Clínico (médico), Doping e Ética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *